domingo, 8 de Março de 2009

Lenda da Fundação de Roma

.



A fundação de Roma a 1 de Janeiro de 753 a. C. é, lendariamente, atribuída a Rómulo e Remo. Diz a lenda que quando Tróia caiu o príncipe troiano Eneias conseguiu salvar-se. Após uma longa peregrinação, chegou ao Lácio. Eneias ter-se-ia fixado junto ao rio Tibre, onde se casou com uma filha do rei Latino. O filho de Eneias fundou a cidade de Alba Longa. O tempo passou e os descendentes de Eneias reinavam em Alba. Um deles, Numitor, três séculos mais tarde, foi deposto e aprisionado por Amúlio, o seu irmão. Amúlio matou um sobrinho e, para que não houvesse descendência, colocou a sua sobrinha, Reia Silvia, num colégio de Vestais, transformando-a em Vestal.
Um dia, segundo a versão mais corrente da lenda, a jovem vestal terá ido buscar água para um sacrifício num bosque sagrado, junto ao rio Tibre, quando foi seduzida por Marte, deus romano da guerra, que a engravidou, tendo nascido desta união proibida dois gémeos, Rómulo e Remo. Quando nasceram, foram abandonados numa cesta e atirados ao rio Tibre, a mando do seu tio Amúlio. Rómulo e Remo foram salvos por uma loba enviada por Marte, quando chegaram ao local da actual Roma. A loba criou-os juntamente com as suas crias, na sua gruta, no Lupercal, o que garantiu a sua sobrevivência. Depois, um casal de pastores, Fáustulo e Larência, encontrou-os e criou-os.

O resto da lenda poderão encontrá-la em muitas obras ou mesmo nos links que aqui deixo.

Fica o reparo - Esta história é apenas uma lenda, mas existem informações verdadeiras. A primeira é a de que os fundadores de Roma criavam gado, conheciam a metalurgia e praticavam a agricultura. Estas informações foram comprovadas pela arqueologia.
A segunda informação é a de que Roma foi primeiramente uma Monarquia, e que o seu primeiro rei se chamava Rómulo.

Pesquisa em:

7 comentários:

Anónimo disse...

Olá professora Carminda.
Muito obrigada em ter publicado isto.
Ajudou-me imenso.
Sei que não devia estar sempre aqui a pedir coisas mas nao consigo entender algumas matérias e sempre que posso venho aqui ver se tem alguma coisa publicada.
Um beijinho cheio de saudade..
E com muitos obrigadas.
Vania Santana ex.aluna 6ºI.

Carminda Côrte-Real Batista disse...

Vânia, volta sempre e solicita o que desejares. Continuarei a tentar ajudar.

Um beijinho

Professora Carminda

Anónimo disse...

Olá professora Carminda!
Esta lenda veio mesmo a calhar....Estamos a tratar isto em História... É muito interessante!

Muitos beijinhos

Teresa (ex. 6ºJ)

Anónimo disse...

Muito bem professora, depois de tantos anos continua a inspirar alunos.
Continue o bom trabalho xD

Pedro Bacelar ex-6ºH

Carminda Côrte-Real Batista disse...

Olá, Pedro!

Que bom voltar a ter contacto contigo através do Blog. Volta sempre, deixa sugestões e comentários.

Tudo de bom!

Anónimo disse...

Passados todos estes anos é com enorme alegria que constato que continua a desenvolver actividades de elevado interesse pedagógico com os alunos. Fui seu aluno nos longínquos anos 98/99 e 99/00 e devo dizer que foi a partir destes anos que comecei a alinhavar o meu gosto pela história, gosto esse que me levou a concluir no ano 2009 o curso de história, do qual bastante me orgulho.

Espero que continue com estas iniciativas dado que hoje, mais que nunca, há uma necessidade premente de criar "futuros jovens" qualificados.

Sem mais e com os mais sinceros cumprimentos,

André Rocha antigo 5º e 6ºB

Joana'Silva disse...

Olá professora Carminda , como pode ver , já tenho um blog , graças a sua ajuda !
É pena ter parado de escrever , pois por vezes venho aqui ver se têm a matéria que estou a dar em dadas alturas e não encontro nada :c
Continuação de boas férias (:

Ass.: Joana Silva , ex.aluna 6ºJ